PMPR – Solicita inclusão de ciclista/pedestre no sistema BATEU

Resumo da reunião:

1. Houve uma rápida explanação sobre os objetivos principais da criação do sistema, em especial o fato de que foi iniciado para dar atendimento à grande demanda de acidentes de trânsito e em seguida receber aperfeiçoamentos;

2. Também foi destacado que o sistema não permite registro pelo usuário via internet para acidentes de trânsito em que há encaminhamento para hospital, principalmente porque neste caso há necessidade de que haja verificação por um agente público sobre a veracidade dos documentos a serem anexados. Isto porque nesses casos geralmente há acionamento de seguros e, portanto, os documentos anexados devem passar por um filtro de legitimidade digamos assim;

3. Argumentamos que ainda assim é muito útil que se possibilite que o pedestre ou ciclista vítima de acidente de trânsito tenha a possibilidade de registro no sistema, até porque há possibilidade de ocorrência de acidente de trânsito em que o ciclista ou pedestre não é encaminhado para o hospital, não se justificando, portanto a impossibilidade dele fazer o registro com a comodidade da internet;

4. Houve o acatamento do pedido, observando-se, porém, que não será possível de imediato verificarmos as alterações. Solicitei uma estimativa de prazo e houve a resposta de que até o […]

Detran-PR terá questão obrigatória sobre bicicleta na prova teórica

O compromisso de incluir as questões do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) nos testes foi formalizado em uma reunião na tarde desta quinta-feira (10) entre representantes da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu (CicloIguaçu) e o diretor-geral do Detran-PR, Marcos Traad. Atualmente, as provas do Detran são geradas por sorteio aleatório com base em um banco de dados com um total de 1.540 questões — das quais apenas 22 se referem diretamente à legislação de trânsito sobre bicicletas, ciclistas ou ciclovias. Atualmente, a probabilidade de que um motorista responda ao menos uma questão sobre a bicicleta no trânsito é de 1,42% — ou seja, de cada 70 provas aplicadas, apenas uma acaba recebendo esse tipo de conteúdo.

Para complementar as questões já existentes no banco de dados do Detran-PR, a CicloIguaçu e os ciclistas em geral também poderão dar contribuições, com conteúdo pertinente ao tema das bicicletas no trânsito.

Leia matéria na íntegra em Ir e Vir de Bike. Publicado originalmente em 10/04/2014.

Detran do Paraná vai ampliar questões sobre ciclismo para liberar a CNH

 CURITIBA – O governo paranaense acatou a sugestão de uma comissão ligada ao ciclismo e deve incluir questões sobre o tema nos exames teóricos de direção do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). As questões, relativas à lesgislação de trânsito, envolverão diretamente ciclistas e bicicletas e exigirão do candidato à primeira habilitação algum tipo de conhecimento sobre o assunto. De um total de 30 perguntas que compõem a prova, ao menos uma será direcionada ao ciclismo.

Para efetivar a ideia, surgida de reuniões com representantes de ciclistas e da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu (CicloIguaçu), foi constiuída nesta segunda-feira, 14, uma comissão interinstitucional, integrada por técnicos das Coordenadorias de Habilitação e de Educação para o Trânsito no Detran, para elaborar perguntas.
Recebemos a sugestão dos próprios ciclistas e entendemos que é um assunto de extrema importância no cuidado com a vida e para a segurança no trânsito. A mudança vai gerar um efeito muito positivo, principalmente porque envolverá também os Centros de Formação de Condutores
Diretor-Geral do Detran-PR
Marcos Traad

Segundo dados do Detran, das 1.540 perguntas que atualmente compõem o banco de questões do teste, apenas 22 são referentes ao comportamento dos motoristas em relação aos ciclistas.

Para fazer a primeira carteira […]

DETRAN/PR – pauta de solicitações

Protocolo: 13.154.890-7
Órgão de Cadastro: DETRAN
Data de Cadastro: 10/04/2014 16:22
Órgão de Origem: DEPARTAMENTO
Assunto: TRANSITO
Interessado 1: ASSOCIAÇÃO DE CICLISTAS DO ALTO IGUAÇU

Faça o download da cópia do documento protocolado no DETRAN no dia 10/04/2014.

A pauta é formada por dez itens:

Inclusão de questões sobre bicicleta e pedestres na provas teóricas do DETRAN
Inclusão de acidentes com bicicleta no BATEU
Participação do DETRAN na campanha no dia 9 de maio
Inclusão de conteúdo específico sobre o respeito aos pedestres e ciclistas nas aulas teóricas de formação e reciclagem para candidatos e motoristas
Distribuição do CTB (edição da Transporte Ativo) para condutores.
Campanhas educativas voltadas para convívio com a bicicleta e pedestres
Campanha interna para estímulo da bicicleta como transporte
Aplicação do BI para extrair informações revelantes à promoção da bicicleta como meio de transporte e aumento da segurança
Uso do sistema interno de messageria para divulgar notícias, eventos e informações sobre ciclomobilidade
Participação efetiva e propositiva no Programa Ciclo Paraná do Governo do Estado

3ª Reunião Ciclo Paraná

Nesta quinta feira, dia 10/04/2014, tivemos mais uma reunião do Ciclo Paraná.

Representantes presentes: SEMA, Federação Paranaense de Ciclismo, DER-PR, universidades, SEES e Ciclo Iguaçu.

As atividades do dia resumiram-se no debate de cada um dos três eixos separadamente. Ficou estabelecido que cada grupo tenha o coordenador e relator para assim desenvolver os trabalhos e fazer uma minuta de trabalho do eixo. Mas nenhum documento foi produzido ao final do encontro.

O único grupo com coordenador é o da cidadania, o Professor Ken Fonseca do Ciclovida – UFPR, a CicloIguaçu pode entrar como coordenador tanto do eixo de cicloestrutura quanto cicloturismo. Foi reforçado que na próxima reunião precisa ser definido o coordenador e relator que falta.

Nesta reunião, um representante do DER-PR integrou o eixo cicloestrutura.

A SEDU, COMEC e DETRAN não enviaram representantes e foi cobrado a participação dessas entidades dentro do programa, presencialmente nas reuniões. A participação da COMEC, que se fez presente apenas em uma reunião, é importante no eixo de cicloestrutura.

A representante da SEED, que tem participado, cuida apenas da parte de logística de transporte, o que também é salutar, mas o objetivo maior com a SEED é colocar a ciclomobilidade como tema transversal nas escolas. Portanto, é fundamental […]

Participe do bici ônibus

Quer pedalar para o trabalho mas tem medo de ir sozinho? Embarque num bici ônibus e vá de bicicleta com segurança e em grupo.

A contagem regressiva já começou, 09 de maio de 2014 é o dia Nacional de Bike ao Trabalho. Seja você iniciante ou experiente, junte-se a nós!

Haverão grupos saindo de vários pontos da cidade pela manhã cedo e retornando no final da tarde. As rotas, horários e pontos de encontro podem sofrer alterações de acordo com os participantes inscritos.

Na semana anterior ao Dia Nacional de Bike ao Trabalho a CicloIguaçu irá promover uma sessão de tira-dúvidas e orientação.
Inscreva-se
Mapa em construção

O que é um bici ônibus?
Basicamente é um grupo de pessoas que pedalam juntas por uma rota definida num horário estabelecido previamente. Utilizado geralmente para deslocamentos cotidianos necessários (como ir para escola ou trabalho) podendo ser também utilizado para outras finalidades.

Para que serve um bici ônibus?
Muitas pessoas gostariam de usar a bicicleta como meio de transporte mas são desencorajadas por diversos motivos como falta de estrutura e segurança. O bici ônibus reúne ciclistas experientes e iniciantes, estimulando o deslocamento ativo na cidade. Com isso, há diversos objetivos a serem atingidos:

ambiental/saúde – ao reduzir emissões e congestionamentos

social – ao […]

2ª Reunião Ciclo Paraná

Nesta quinta, dia 3 de abril, foi realizada a segunda reunião do GTI Ciclo Paraná. Estavam presentes o grupo de Coordenação da SEMA, representantes da Secretaria de Infraestrutura, Educação, Esportes, PM, Federação de Ciclismo, CELEPAR, universidades e CicloIguaçu.

Neste encontro foi apresentado um pouco mais sobre o Programa e da intenção de seguir os passos da Rede Estadual de Direitos Animais (REDA). As metas iniciais de cada um dos eixos foram apresentadas:

Cicloestrutura

Projeto que viabilize ciclovias / ciclofaixas nas estradas do Paraná;
Projeto que viabilize a adequação de todas as Secretarias Estaduais ao Ciclo Reforma;

Ciclo Cidadania

Projeto de Educação no trânsito (disseminadores escolares e capacitação sobre as leis de trânsito);
Projeto para disseminar a Carona Solidária (Ciclo Vida) em todas as universidades do Estado;
Projeto de oficinas de bike que visem o incentivo aos cidadãos para a utilização da bicicleta (palestras sobre trânsito, mecânica de bicicleta, entre outros).

Ciclo Turismo

Projeto para viabilizar ciclovias e ciclofaixas nos Parques em todo o Estado;
Criar um projeto modelo de eventos de corrida de bike, para incentivar o esporte no Estado;
Elaborar um projeto para aluguel de bicicletas nas cidades turísticas de todo o Estado, incentivando o turismo sustentável. (ex: Rio de Janeiro).

Algumas considerações levantadas durante a reunião:

Sobre o interesse de Guarapuava […]

Desafio para os criativos de Curitiba

Dia 27 de abril a Bicicletaria Cultural irá realizar a primeira edição Ciclo Criativo, um evento de criação coletiva inédito em Curitiba. Assim como as charneiras e repentidas realizadas pelas faculdades de design – que propõem um desafio e os grupos tem tempo e recursos limitados para encontrarem soluções – o organizador (CicloIguaçu) irá propor o tema “ajude a construir uma cidade para pessoas”.

A proposta é trazer a reflexão sobre o espaço público, iniciada no movimento vaga viva, para um ambiente de criação integrado por estudantes de arquitetura, design e criativos, interessados no desenvolvimento de projetos sustentáveis com foco no urbanismo.

O evento será realizado na Bicicletaria Cultural, no dia 27 de Abril a partir das 10h até ás 18h e será dividido em 3 etapas: apresentação do problema, brainstorming e criação. As inscrições devem ser feitas até o dia o dia 22 de Abril pelo link:

http://bit.ly/ciclocriativo

O valor de R$ 20 deve ser pago no local e inclui um delicioso almoço. As vagas para o evento são limitadas.

CicloIguaçu na Veja Curitiba

Jorge Brand coordena a ONG CicloIguaçu, que dá auxílio aos ciclistasProfessor busca incentivar o uso seguro de bicicletas no trânsito de Curitiba

Professor coordena uma ONG que auxilia ciclistas Professor coordena uma ONG que auxilia ciclistas 27.mar.2014 16:29:07 | por Luise Takashina

Quando tinha 20 e poucos anos, Jorge Brand fazia o tipo rebelde, mas com causa. Em 2007, chegou a ser autuado por pintar, sem autorização, uma ciclofaixa num trecho da Rua Augusto Stresser. Ainda que por vias tortas, ele quis chamar atenção para um assunto pouco discutido naquela época e que hoje se tornou urgente: a ampliação de espaços na cidade para a circulação de bicicletas. “É um tema com o qual convivo desde a infância. Meus pais não tinham carro e a bike sempre foi uma opção de meio de transporte”, diz. Aos 34 anos e pai de duas filhas, Brand, que é mestre em filosofia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), continua levantando a bandeira da ciclomobilidade, porém de forma mais madura.

Desde 2011, ele preside a Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu, a CicloIguaçu, organização sem fins lucrativos que busca incentivar o uso seguro das bicicletas no trânsito da região metropolitana. Atualmente, apenas 3% dos moradores da […]

Por |março 31st, 2014|clipping|0 Comentários|

Mais bicicletas nas ruas

Que tal uma Londrina menos motorizada e mais compromissada em implantar os conceitos de mobilidade urbana para o incentivo ao uso da bicicleta nos deslocamentos diários? Não passou da hora da segunda maior cidade do Paraná desenvolver políticas públicas que integrem os ciclistas ao sistema viário de forma segura e eficiente? O primeiro passo para que essas e outras questões envolvendo a ciclomobilidade ganhem fôlego e não fiquem apenas na retórica é unificar as ações da administração pública aos interesses da sociedade civil organizada.

Foi com essa premissa que a Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu (Cicloiguaçu), que reúne ciclistas de Curitiba e outros 17 municípios conurbados à região metropolitana da capital, promoveu em Londrina e Maringá no fim da última semana o debate “A bicicleta como meio de transporte – buscando justiça e equilíbrio na distribuição do espaço público”. Em Londrina, o encontro foi realizado na subseção da Ordem dos Advogados do Brasil e contou com as participações do secretário estadual do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, e representantes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), OAB-Londrina, programa Ciclo Vida, da Universidade Federal do Paraná, e Cicloiguaçu.

“Queremos estabelecer o diálogo com o poder público para promover […]

Wordpress