Featured

mobilidade ativa nas eleições

A associação de ciclistas do Alto Iguaçu – Cicloiguaçu, em conjunto com mais de 11 entidades, aderiu a Campanha Nacional Mobilidade Ativa nas Eleições, que visa a construção e coleta de assinaturas de uma Carta Compromisso. A carta, redigida coletivamente por organizações civis do Estado do Paraná foi estruturada em três eixos de compromissos: Comportamento, Projeto e Financiamento. Cada eixo possui um conjunto de ações que tem como foco o

Mobilidade Ativa nas Eleições

Em tempos de eleições ficamos perdidos entre fatos, fake news e promessas, mas nada como estar de cara a cara com seu candidato pra sentir na pele o compromisso. Na próxima quinta, 20 de Setembro, a partir das 18h, durante o Fórum da Mobilidade Ativa, lançaremos a carta compromisso da Mobilidade Ativa e abriremos o microfone para os candidatos falarem sobre suas propostas. Se você precisa correr pra atravessar a

apresentacao projeto vida no trânsito Curitiba

No dia 19/07/2018, participamos da reunião mensal do Projeto Vida no Trânsito – PVT para falar sobre o perfil do uso da bicicleta (Perfil Ciclista 2017). O PVT, em Curitiba, é um programa interinstitucional coordenado pela SETRAN, voltado à redução de óbitos e ferimentos graves no trânsito, com foco em saúde pública, infraestrutura, e registro e análise de dados. A Cicloiguaçu integra o programa enquanto parceira. João Bazzo, coordenador de

Agenda de segurança pública

Estivemos nesta semana no Comando Geral da Polícia Militar para tratar de roubos e furtos de bicicletas em Curitiba e sobre registro de colisões envolvendo bicicletas pelo sistema BATEU. Participaram da conversa o Sargento Gustavo e Tenente Titão, Bento Aleixo (ciclista e policial militar) e nossos coordenadores, Fábio Meger, Fernando e João Bazzo. Fizemos a solicitação de dados sobre furtos e roubos a usuários, bem como melhorias no sistema digital

vaga viva!

A Vaga viva, Parklet, é um mobiliário urbano destinado a ampliar o espaço da calçada para pedestres e ciclistas, dispondo de bancos, mesas, paraciclos e floreiras. Em Curitiba o conceito foi propagado pela ONG Cicloiguaçu que em 2014 iniciou uma série de ocupações espontâneas de vagas de estacionamento, provocando a reflexão do uso do espaço público quanto aos benefícios e ao convite que o mobiliário faz aos transeuntes habitarem a

Greca: que projeto mal feito!

Hoje, 28 de março de 2018, foi inaugurada a linha Santa Cândida – Praça do Japão, em Curitiba. Para que a operação da nova linha seja possível, a Praça do Japão recebeu ajustes a fim de acomodar um retorno para ônibus biariculados. A prefeitura diz que a obra deve atender 36 mil pessoas. Não foi apresentado documento sobre essa suposição ou estimativa, e que explicasse, ainda, como foram definidos os

Centro Cívico em Curitiba +Acessível +Seguro +Humano

Muitos locais no bairro Centro Cívico, em Curitiba, urgem por soluções de desenho viário. O documento apresenta uma série de medidas, propostas pela Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu, a Cicloiguaçu, para alguns desses locais. São soluções com potencial para proporcionar um trânsito mais seguro, acessível e sustentável; a fim de evitar colisões ou atropelamentos, evitar mortes e reduzir danos, caso colisões ou atropelamentos ainda ocorram. As medidas propostas são